Empreenda O Teu ELETROCARDIOGRAMA (ECG)

04 Apr 2018 00:53
Tags

Back to list of posts

<h1>Entenda O Teu ELETROCARDIOGRAMA (ECG)</h1>

<p>Apesar da continua renova&ccedil;&atilde;o das tecnologias utilizadas para a promo&ccedil;&atilde;o de diagn&oacute;sticos m&eacute;dicos, o eletrocardiograma (ECG), dispon&iacute;vel desde o come&ccedil;o do s&eacute;culo passado, ainda mant&eacute;m um papel central na investiga&ccedil;&atilde;o de muitas doen&ccedil;as card&iacute;acas. O ECG &eacute; um exame complementar consider&aacute;vel para a interpreta&ccedil;&atilde;o do ritmo card&iacute;aco e pra detec&ccedil;&atilde;o de isquemia do cora&ccedil;&atilde;o. O eletrocardiograma &eacute; assim como de enorme valor pela avalia&ccedil;&atilde;o de outros tipos de anormalidades card&iacute;acas, incluindo doen&ccedil;as das v&aacute;lvulas card&iacute;acas, cardiomiopatia, pericardite e sequelas card&iacute;acas da hipertens&atilde;o. Neste texto tentaremos esclarecer o ECG pra popula&ccedil;&atilde;o leiga. Nosso objetivo, claramente, n&atilde;o &eacute; explicar ningu&eacute;m a interpretar um eletrocardiograma, nem sequer esgotar o conte&uacute;do, at&eacute; visto que o mesmo &eacute; muito complexo pra ser assediado em um &uacute;nico texto.</p>

<p>Para qual prop&oacute;sito serve o ECG. Como &eacute; feito o ECG . Como tem &ecirc;xito o ECG. Como d&aacute; certo a atividade el&eacute;trica card&iacute;aca. Como &eacute; tra&ccedil;ado b&aacute;sico do eletrocardiograma. Mudan&ccedil;as mais comuns do eletrocardiograma. Papel do ECG no infarto. Falaremos s&oacute; do ECG feito em repouso. O eletrocardiograma produzido durante o exerc&iacute;cio, denominado como teste de esfor&ccedil;o, ser&aacute; abordado em um post &agrave; quota.</p>

<p>O que &eacute; o eletrocardiograma? O eletrocardiograma &eacute; um checape que detecta a atividade el&eacute;trica do nosso cora&ccedil;&atilde;o. Podemos discursar que nosso cora&ccedil;&atilde;o &eacute; um &oacute;rg&atilde;o movido a eletricidade. Cada batimento, cada contra&ccedil;&atilde;o da massa magra card&iacute;aco, cada movimento das v&aacute;lvulas do cora&ccedil;&atilde;o s&atilde;o comandados por menores impulsos el&eacute;tricos gerados no pr&oacute;prio cora&ccedil;&atilde;o (explicarei mais dados logo &agrave; frente). Gra&ccedil;as ao ECG conseguimos distinguir os padr&otilde;es normais de transmiss&atilde;o e gera&ccedil;&atilde;o destes impulsos el&eacute;tricos. Anomalias pela atividade el&eacute;trica card&iacute;aca s&atilde;o sinais claros de que h&aacute; problemas com nosso cora&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>O eletrocardiograma &eacute; check-up mais indicado pra avaliar arritmias card&iacute;acas e pra investiga&ccedil;&atilde;o inicial das isquemias card&iacute;acas. O eletrocardiograma serve pra cuidar alguma doen&ccedil;a? O ECG &eacute; apenas um checape. Ele n&atilde;o trata nenhuma doen&ccedil;a ou sintoma. Tal como um paciente com pneumonia n&atilde;o melhoria ao fazer uma radiografia do t&oacute;rax, o paciente com dificuldades card&iacute;acos n&atilde;o sofre nenhuma varia&ccedil;&atilde;o ao fazer o eletrocardiograma. Como &eacute; feito o eletrocardiograma?</p>

depositphotos_139715226-stock-illustration-pop-art-handsome-man-with.jpg

<ul>

<li>Barra-fixa pronada (palmas virada para ti) - tr&ecirc;s s&eacute;ries de doze repeti&ccedil;&otilde;es</li>

<li>Voc&ecirc; precisa ingerir essa bebida todas as noites com o jantar</li>

<li>4 cookies integrais</li>

<li>um prato de sobremesa de agri&atilde;o</li>

<li>Dieta pouco saud&aacute;vel</li>

Os dez Benef&iacute;cios Das Fibras Pra Sa&uacute;de

<li>um O que &eacute; dieta alcalina</li>

</ul>

<p>O eletrocardiograma em repouso &eacute; feito com o paciente deitado e com o tronco nu. O perfeito &eacute; que o paciente n&atilde;o tenha feito nenhum tipo de esfor&ccedil;o nos &uacute;ltimos 10 minutos, nem fumado nos &uacute;ltimos trinta minutos que antecedem o check-up. 6 eletrodos s&atilde;o fixados, por interm&eacute;dio de adesivos, ao peito e mais 4 p&aacute;s, assim como com eletrodos, s&atilde;o colocadas nos punhos e tornozelos, como na ilustra&ccedil;&atilde;o ao lado. Habitualmente, utiliza-se um tanto de gel entre cada eletrodo e a pele pra acrescentar a condu&ccedil;&atilde;o el&eacute;trica.</p>

<p>Em alguns casos, os 6 adesivos com eletrodos fixados ao t&oacute;rax s&atilde;o substitu&iacute;dos por peras de borracha com uma apoio met&aacute;lica, que se fixa &agrave; pele a come&ccedil;ar por v&aacute;cuo, como ventosas. Ap&oacute;s a correta coloca&ccedil;&atilde;o dos eletrodos no paciente, os mesmos s&atilde;o ligados &agrave; m&aacute;quina que far&aacute; a leitura da atividade el&eacute;trica do cora&ccedil;&atilde;o. N&atilde;o se assuste, n&atilde;o h&aacute; nenhum risco de voc&ecirc; conduzir um choque ao longo do diagn&oacute;stico.</p>

<p>O eletrocardiograma n&atilde;o retrata nenhum tra&ccedil;o &agrave; sa&uacute;de; o pior que podes acontecer &eacute; voc&ecirc; ter uma discreta alergia no ambiente dos adesivos. Se o paciente tiver diversos pelos no peito, &eacute; poss&iacute;vel que seja preciso rasp&aacute;-los antes, para que os eletrodos possam ser fixados. O diagn&oacute;stico &eacute; muito r&aacute;pido. Ap&oacute;s tudo pronto o resultado sai em quest&atilde;o de segundos.</p>

Dicas De Muscula&ccedil;&atilde;o - Part 20

<p>A m&aacute;quina capta os sinais el&eacute;tricos do cora&ccedil;&atilde;o e imprime um tra&ccedil;ado em um papel quadriculado respectivo. Pra assimilar um tanto os resultados do eletrocardiograma, temos que antes saber como se d&aacute; a cria&ccedil;&atilde;o e a propaga&ccedil;&atilde;o dos impulsos el&eacute;tricos no cora&ccedil;&atilde;o. A explica&ccedil;&atilde;o abaixo podes parecer confusa, entretanto &eacute; relevante pra assimilar conceitos, como “ritmo sinusal”, “altera&ccedil;&otilde;es pela repolariza&ccedil;&atilde;o ventricular”, “bloqueio de ramo”, frequentemente relatados nos laudos dos ECG. O est&iacute;mulo el&eacute;trico nasce no respectivo cora&ccedil;&atilde;o, em uma localidade chamada de nodo sinusal (ou n&oacute; sinusal), localizado no &aacute;pice no &aacute;trio certo. O nodo sinusal produz continuamente e de modo regular impulsos el&eacute;tricos que se propagam em todo o cora&ccedil;&atilde;o, induzindo a contra&ccedil;&atilde;o dos m&uacute;sculos card&iacute;acos.</p>

<p>Dessa forma, um cora&ccedil;&atilde;o em ritmo sinusal &eacute; aquele cujo os est&iacute;mulos el&eacute;tricos est&atilde;o sendo geralmente gerados pelo nodo sinusal. Os impulsos el&eacute;tricos ao se distribu&iacute;rem por todo o m&uacute;sculo card&iacute;aco induzem a entrada de &iacute;ons de c&aacute;lcio nas c&eacute;lulas do cora&ccedil;&atilde;o, um procedimento conhecido como despolariza&ccedil;&atilde;o el&eacute;trica. A despolariza&ccedil;&atilde;o estimula a contra&ccedil;&atilde;o do tecido muscular. Depois da contra&ccedil;&atilde;o, grandes quantidades do &iacute;on pot&aacute;ssio saem das c&eacute;lulas, num m&eacute;todo chamado de repolariza&ccedil;&atilde;o, que prepara as c&eacute;lulas musculares pra nova despolariza&ccedil;&atilde;o. Enquanto n&atilde;o houver repolariza&ccedil;&atilde;o, a c&eacute;lula muscular n&atilde;o consegue se contrair de novo, por mais que receba est&iacute;mulos el&eacute;tricos.</p>

<p>Acesse a anima&ccedil;&atilde;o acima. A atividade el&eacute;trica normal nasce no nodo sinusal, despolariza primeiro o &aacute;trio justo e depois o &aacute;trio esquerdo. Depois de ir pelos 2 &aacute;trios, o impulso el&eacute;trico chega ao nodo atrioventricular, pela divis&atilde;o entre os &aacute;trios e o ventr&iacute;culo. Neste instante, o impulso sofre um nanico retardamento, que serve para que os &aacute;trios se contraiam antes dos ventr&iacute;culos.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License